Final da COP26: Papa diz que é preciso «agir já», numa ação urgente

Foto: Divulgação

 

 

Com informações agência Ecclesia. O Papa disse domingo, 14, no Vaticano, o final da COP26, em Glasgow, apelando à ação urgente de todos no combate às alterações climáticas.

“O grito dos pobres, unido ao grito da terra, ressoou nos últimos dias na Cimeira das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, a COP 26”, disse Francisco, da janela do apartamento pontifício, após a recitação da oração do ângelus.

Perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro, o Papa desafiou quem tem “responsabilidades políticas e econômicas a agir já, com coragem e visão de longo prazo”.

Francisco referiu ainda que todos devem exercer uma “cidade ativa pelo cuidado da casa comum”.

A intervenção anunciou a abertura de inscrições para a ‘Plataforma Laudato Si’, que promove a “ecologia integral”.

A Plataforma ‘Laudato Si’ foi lançada no final de maio, marcando o encerramento do Ano especial ‘Laudato Si’ (maio de 2020-maio de 2021), convocado pelo Papa Francisco, com propostas de “estilo de vida sustentável”, com sete objetivos: resposta ao Clamor da Terra; Resposta ao Clamor dos Pobres; Economia Ecológica; Adoção de Estilos de Vida Sustentáveis; Educação Ecológica; Espiritualidade Ecológica; Envolvimento da comunidade e Ação participativa.

Em maio de 2020, foram lançados os sete objetivos ‘Laudato si’, que pretendem levar a um novo entendimento do desenvolvimento, no respeito pela vida e o ambiente.

Hoje são divulgados os guias de planeamento e outros materiais desta plataforma, desafiando as comunidades católicas a aderir e a “assumir um firme compromisso de criar seus próprios Planos Laudato Si”, indica o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral (Santa Sé).

O Papa Francisco publicou a sua encíclica ‘Laudato si’, um documento social e ecológico, em 2015.

O Vaticano apresentou em 2020 um “manual” de aplicação deste documento, com mais de 200 recomendações em defesa do ambiente e da vida humana.

Texto: Voz de Nazaré

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Leia também