Lançamento da Campanha de Restauração da Capela São Francisco da Penitência – Ordem Terceira

Foto: Reprodução Arquidiocese de Belém

A Arquidiocese de Belém realizou a cerimônia de lançamento da “Campanha de Reforma e Restauração do telhado da Capela São Francisco da Penitência”, localizada no Hospital da Ordem Terceira na quinta-feira (19), às 9h, com missa presidida pelo Cônego Ronaldo de Sousa Menezes, coordenador do Patrimônio Histórico da Arquidiocese.

A campanha ocorrerá de 19 de agosto a 19 de setembro, e tem como objetivo promover ações de sensibilização da sociedade em geral para arrecadação de recursos financeiros para o restauro e reforma do telhado da capela da São Francisco da Penitência (Hospital da Ordem Terceira).

Devido a necessidade do restauro da edificação, se faz necessário a realização de campanhas para promoção da preservação e resgate deste bem histórico. A necessidade do restauro tem o acompanhamento e orientação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, que aponta urgência no restauro do telhado, evitando assim que as infiltrações causadas pelas constantes chuvas da região prejudiquem ainda mais as paredes e o forro, causando danos irreversíveis em pinturas e acervo sacro.

O lançamento da campanha contará com representantes do IPHAN, historiadores, arquitetos, o público em geral e terá além da missa, a divulgação das ações de restauro e os canais e meios para que as pessoas e instituições possam contribuir através de doações. Todo recurso arrecadado será administrado pelas Obras Sociais da Arquidiocese de Belém, revestido integralmente para os custos das obras de recuperação do telhado da capela.

Breve histórico

A capela da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência não é ainda um bem tombado individualmente, ela está inserida no conjunto Arquitetônico, Urbanístico e Paisagístico dos bairros da Cidade Velha e Campina, tombados pelo IPHAN.

A capela foi construída entre 1748 e 1754 (TOCANTINS, 1963) e integra o prédio do Hospital da Ordem Terceira. A volumetria apresenta características identificadas com barroco, destacando o pequeno frontão curvo com estatuária e elementos decorativos ressaltados no plano dominante da fachada principal. A nave única se organiza paralelamente à fachada principal, e no seu interior, destaca-se retábulo em talha de madeira da capela-mor.

A edificação guarda diversas obras de arte, entre telas, esculturas e pinturas em estilo barroco, rococó e neoclássico que se harmonizam para constituir um belíssimo templo religioso que se encontra em gradativo processo de deterioração, apagando deste modo, os traços de uma arquitetura rica de detalhes, símbolos e significados que fazem parte da identidade da cidade e da sociedade local.

Deste modo, a recuperação dos elementos artístico e integrados da Capela da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência não implica somente na recuperação física do edifício como obra construída, mas também, no resgate de valores históricos, artísticos e arquitetônicos do monumento com o objetivo de devolvê-la à sociedade como obra de arte preservada para sua contemplação e seu usufruto.

Em seu acervo, ao todo são mais de trinta imagens distribuídas ao longo da capela, as quais destacamos: Nossa da Conceição, Santa Clara, São Francisco, São Roque, São José, Santa Filomena, Santa Luzia, Santa Rita, Santa Tereza D’Ávila, entre outros, além de anjos tocheiros e 5 telas pintadas colocadas nos nichos.

Combate à Pandemia

Todas as celebrações regem os cuidados previstos nas orientações pelas autoridades sanitárias e orientações da Arquidiocese de Belém, em combate a Covid-19. Estão sendo mantidos durante todas as celebrações o distanciamento social, controle de acessos respeitando o limite de até 50% da capacidade, o uso permanente de máscaras e disponibilização de álcool, número maior de missas e transmissão da programação pelas redes sociais das paróquias.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Leia também