Santa Missa da unidade em Marituba

Cinco Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão foram investidos na missão

Acontece uma vez por mês a Missa da Unidade, iniciativa da Arquidiocese de Belém para promover uma maior animação pastoral nas regiões episcopais. No dia 9 deste mês, a celebração eucarística ocorreu na Área Missionária Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro de Canaã, em Marituba, região metropolitana de Belém. Como tem acontecido, a Eucaristia em unidade ocorre em uma das comunidades, sempre tendo como celebrante, Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar de Belém, e neste mês de maio, a celebração aconteceu na Comunidade São Francisco.

A celebração contou com um momento especial, pois, nesse mesmo dia, foi realizado o rito de investidura dos cinco primeiros Ministros Extraordinários da Comunhão da Área Missionária Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Trata-se de um acontecimento muito importante para a comunidade, uma vez que o chamado e a vocação dos mesmos, deu-se no terreno fértil da missão da Igreja realizada naquela área.
Representantes de diversas comunidades que compõem a Área Missionária Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estavam presentes na Missa da unidade, e acolheram com alegria os ministros Marlene do Socorro Queiroz Pantoja, Elenilson Neves Santiago, Givanildo Nascimento Pantoja, Manoel Dênis de Souza e Eliecer da Silva Reis.

Formados pelos diáconos que acompanham a área missionária, os ministros prepararam-se para a missão de agosto a dezembro do ano passado, mas a investidura teve que esperar até o momento da Missa da unidade por conta das restrições impostas pela pandemia, informaram as lideranças comunitárias.

Os ministros terão a missão de atender as diversas comunidades da área missionária na distribuição da Sagrada Comunhão, visitar e levar a Comunhão aos enfermos e idosos, transmitir a Palavra de Deus às famílias e aos pequenos núcleos comunitário, além de rezar pelos falecidos, presidindo, quando necessário, as celebrações das exéquias.
Dom Antônio de Assis afirmou na sua homilia “que esse fato é muito significativo, pois, é sinal evidente do crescimento das comunidades e o fortalecimento da importância dos ministérios dos leigos nas comunidades. A semente do Evangelho que está sendo lançada no coração de vocês está gerando bom fruto”.

Finalizando sua exortação, Dom Antonio pediu a eles cinco compromissos: “cultivar sempre a consciência de serem servidores; zelar pela necessidade da comunhão e da obediência; cultivar sempre uma forte sensibilidade para com os doentes e idosos; reavivar sempre a própria paixão missionária para não caírem no comodismo; cuidar da vida espiritual e da formação permanente”.

“Logo, as comunidades que compõem a área missionária estão em festa, pois já podem contar com esse importante serviço ao povo de Deus, que fazem os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística”, comemora o diácono Clóvis Bentes. Estavam presentes também na celebração, os diáconos Eliezer Filho e Robson Nascimento, além do candidato ao diaconato, já admitido às ordens sacras, Leomario Henriques “que, inclusive, é o primeiro candidato a diácono da Área Missionária Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, motivo de grande alegria também para todo o povo de Deus naquela área. Deus seja louvado sempre”, regozija-se o diácono Clóvis.

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Leia também