A Voz do Pastor

  Nada melhor que começar o seu dia com a reflexão da Palavra de Deus anunciada por dom Alberto. É o momento em que o pastor da Igreja em Belém relaciona o Evangelho com a vida em missão nas comunidades. Aqui, você fica por dentro das ações da Arquidiocese.

Apresentação: Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e presidente da Fundação Nazaré de Comunicação

Horário: Todos os dias às 6h/ 12/ 18h/ 22h.

Duração: 15 minutos.


 

Ouça o Evangelho do dia:

Sexta-feira:14/04/2017 São João 19,16-30
 
16Pilatos entregou Jesus para ser crucificado e eles O levaram.17Jesus tomou a cruz sobre Si. Saiu em direção ao lugar chamado Calvário, em hebraico chamado Gólgota. 18Ali o crucificaram, e com ele outros dois, um de cada lado, e Jesus no meio. 19Pilatos ainda mandou ainda escrever um letreiro e colocá-lo na cruz. Nele estava escrito: Jesus Nazareno, rei dos judeus. 20Muitos dos judeus puderam ler o letreiro, porque Jesus foi crucificado perto da cidade. O letreiro estava escrito em hebraico, latim e grego. 21Então os sumos sacerdotes dos judeus disseram a Pilatos: Não escrevas: Rei dos judeus, mas sim o que Ele disse: eu sou o rei dos judeus. 22Respondeu Pilatos: o que escrivi, está escrito. 23Depois de os soldados crucificarem Jesus, os soldados repartiram as suas  roupas em quatro partes,uma para cada soldado. Qunato à túnica, esta era tecida sem costura, em peça única, de alto a baixo. 24Disseram, então, entre si: não vamos dividir a túnica, tiremos a sorte para ver de quem será. Assim se cumpria a Escritura: Repartiram entre si as minhas vestes e lançaram sorte sobre a minha túnica (Sl 21,19). Isso fizeram os soldados. 25Perto da cruz de Jesus estavam de pé sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas, e Maria Madalena. 26Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: Mulher, eis aí teu filho. 27Depois disse ao discípulo: Esta é tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a acolheu consigo. 28Depois, Jesus sabendo que tudo estava consumado, para se cumprir plenamente a Escritura, disse: Tenho sede. 29Havia ali uma jarra cheia de vinagre. Amarraram a uma vara uma esponja embebida de vinagre  e, levaram-na a boca de Jesus. 30Ele tomou o vinagre e disse: tudo está consumado. E inclinando a cabeça, entregou o espírito.
 

Palavra da Salvação.

Fonte: CNBB


EDIÇÕES 2017

Janeiro

 Abril

 Julho

 Outubro

 Fevereiro 

 Maio

 Agosto

 Novembro

 Março

 Junho

 Setembro

 Dezembro

EDIÇÕES 2016

Compartilhe essa Notícia

Leia também