A Voz do Pastor

  Nada melhor que começar o seu dia com a reflexão da Palavra de Deus anunciada por dom Alberto. É o momento em que o pastor da Igreja em Belém relaciona o Evangelho com a vida em missão nas comunidades. Aqui, você fica por dentro das ações da Arquidiocese.

Apresentação: Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e presidente da Fundação Nazaré de Comunicação.

Horário: Todos os dias às 6h/ 12/ 18h/ 22h.

Duração: 15 minutos.


 

Ouça o Evangelho do dia:

Segunda-feira: 19/02/2018 São Mateus 25,31-46
 
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 31“Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. 32Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. 33E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. 34Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! 35Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; 36eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. 37Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? 38Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? 39Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’ 40Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’ 41Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. 42Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; 43eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar’. 44E responderão também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’ 45Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’ 46Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.
 

Palavra da Salvação.

Fonte: CNBB


EDIÇÕES 2018

Janeiro

 Abril

 Julho

 Outubro

 Fevereiro 

 Maio

 Agosto

 Novembro

 Março

 Junho

 Setembro

 Dezembro

Compartilhe essa Notícia

Leia também