Lançamento do projeto missionário Maranathá na Terra Firme

 
Objetivando anunciar a Palavra de Deus no bairro da Terra Firme, em Belém, o grupo de oração Chama Viva do Amor da Paróquia de São Domingo de Gusmão lançou o projeto missionário Maranathá, com o tema “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa-Nova a toda Criatura”. Ele consiste na evangelização porta a porta e será desenvolvido no período de 24 meses em toda a área geográfica da paróquia de acordo com o planejamento anual. Os interessados em participar da primeira fase podem se inscrever até o dia 14 deste mês.  Após as inscrições, os candidatos passarão por formações com vários subsídios da Igreja.  Logo em seguida ocorrerá a divisão das áreas para as equipes começarem a missão. Segundo a coordenação do projeto, a evangelização terá caráter querigmático e durante a sua execução serão entregues aos seus evangelizados um convite para o evento “Restaura-me”.
 
Segundo Cássio Quaresma, um dos idealizadores do projeto, o objetivo do evento será antes de tudo anunciar o Cristo Vivo como fonte da salvação de toda a humanidade e reaproximar as pessoas da vida comunitária: “no evento serão coletadas informações básicas para subsidiar o direcionamento de cada indivíduo. Por exemplo: com a pesquisa pode-se verificar se determinada pessoa visitada não iniciou o catecumenato e direcioná-la à catequese. No final do ciclo de atividades haverá sempre o feedback e avaliação como instrumento de melhoria. A Estrutura hierárquica mostra que o Grupo Chama Viva será alimentado pela Catequese”.
 
Proposta
 
O trabalho do grupo Chama Viva de Amor propõe um modelo simples para evangelização e será baseado nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) bem como no Decreto Ad Gentes, as Sagradas Escrituras e outras fontes correlatas. “O grupo de oração não almeja a autopromoção, muito menos falar de si mesmo, haja vista que Jesus Cristo é a fonte de tudo que a Igreja crê. Antes, buscar-se-á testemunhar Cristo através da vida de cada um que estiver envolvido na evangelização e confiar na ação do Espírito Santo.  Nossa meta com o projeto é convidar os jovens e demais interessados a serem evangelizadores, formar equipes de evangelização, realizar mutirão de evangelização porta a porta e acima de tudo acolher os que retornam e reavivar os que já estão na caminhada da Igreja.  Para isso realizaremos varias ações. Na primeira fase serão as formações das equipes de evangelização que compreende os seis passos do Querigma e Missão. A segunda consistirá no aprofundamento dos temas  Eclesiologia, Liturgia, Mariologia e vários documentos do Concílio Vaticano II.  Após as realizações das etapas serão feitas as avaliações para a melhoria dos processos e estabelecimentos das novas datas baseadas no calendário paroquial, programado a estar pronto até o dia 19 de fevereiro. A cada semestre ocorrerão novos recrutamentos de acordo com a necessidade de preenchimento de equipes. Todos os custos operacionais também serão responsabilidade do grupo de oração”, ressaltou Cássio. 
 
CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DO PROJETO

11/12 a 14/01: Recrutamento
28/01 e 29/01: Formação (Fase I) Querigma e Missão
29/01: Divisão das áreas de evangelização
29/01: Criação das equipes de evangelização
05, 12 e 19/02: Evangelização porta a porta
26/02: Evento “Restaura-me”
04/03: Avaliação e feedback
13, 15 e 17/03: Formação (Fase II) Semana Santa, Paixão do Senhor
23 e 30/04 07 e 14/05 Evangelização porta a porta
20/05: Evento “Restaura-me”
05, 07 e 09/06: Formação (Fase II)  Isto é o meu corpo Isto é o meu sangue
06 a 19/08: Recrutamento
26 e 27/08: Formação (Fase I) Querigma e Missão
03, 10 e 17/09: Evangelização porta a porta
23/09: Evento “Restaura-me”
27 e 29/09: Formação (Fase II)  “Maria Estrela da Evangelização”

 

Compartilhe essa Notícia

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Leia também