Nós somos os membros do Corpo de Cristo. Cada um tem uma função e missão a cumprir. Se tu não a cumprires, ninguém a cumprirá por ti e ali haverá um vazio.
Cada pessoa é responsável pelo destino da nação, da cidade, do bairro, da paróquia e da Igreja.
O mundo será melhor ou pior, dependendo daquilo que tu fizeres ou do que deixares de fazer.

Alguém se queixou comigo de tanta corrupção, roubos, furtos, violência e da maldade que tanto faz sofrer, e eu lhe perguntei: “O que tu estás fazendo para mudar essa realidade”?
Um dia aconteceu um grande incêndio na floresta. Ela estava sendo devorada pelas chamas. Animais, pássaros e insetos fugiam desesperados; e outros eram impiedosamente devorados pelo fogo.

Todos viam o seu hábitat, sua casa e seu alimento sendo destruído pelas chamas. Era um desastre pavoroso.
Um beija-flor voava a toda pressa até um riacho, enchia seu bico de água, voltava e jogava água sobre as chamas. Um elefante, vendo o trabalho do beija-flor, debochou dele e disse: “O teu trabalho é inútil e nada resolve; jamais irás apagar o incêndio”.

O beija-flor lhe respondeu: “Eu estou fazendo a minha parte, e tu o que fazes? Se cada animal tivesse feito a sua parte, a essa hora o incêndio já estaria apagado”.
Assim é na Igreja e na sociedade. Não resolve fugir, resmungar, criticar e nada fazer. Faze a tua parte e tudo mudará.
O mundo será melhor ou pior dependendo daquilo que tu fizeres ou do que deixares de fazer.

Leia nossos Colunistas