Paixão-morte-ressurreição de Cristo: nossa Páscoa

O Tríduo Pascal, nesta Semana Santa, com seus ritos profundos e simbologias ricas, oferece importantes lições para nós, discípulos de Cristo, na caminhada da fé.

Na Quinta-feira Santa, o gesto do lava-pés, onde Jesus, na posição de servo, lava os pés de seus discípulos, ensina-nos sobre a humildade e o serviço. Esta ação é um convite explícito ao amor fraterno, à entrega desinteressada pelo outro, e ao reconhecimento da dignidade inerente a cada pessoa. Ensina-nos a adotar uma postura de serviço, abandonando toda forma de orgulho e superioridade, para nos colocarmos à disposição uns dos outros, especialmente dos mais necessitados e marginalizados da sociedade.

A Sexta-feira Santa nos confronta com o mistério da Paixão e Morte de Jesus, um caminho de sofrimento, mas também de obediência e entrega total à vontade do Pai, o maior testemunho do amor incondicional de Deus pela humanidade. A lição para nós, enquanto discípulos, reside na capacidade de abraçar nossas próprias cruzes, enfrentando as adversidades e os sofrimentos com fé e esperança, sabendo que, no amor e na entrega, encontramos o caminho para a verdadeira liberdade e plenitude de vida.

O Sábado Santo é um tempo de vigília e de oração silenciosa ao lado do sepulcro, enquanto aguardamos a ressurreição. É a noite em que celebramos a Vigília Pascal, a mãe de todas as vigílias, onde a luz do Círio Pascal rompe a escuridão, simbolizando Cristo, Luz do Mundo, que vence as trevas do pecado e da morte.

No Domingo de Páscoa celebramos a vitória da vida e aprendemos a ter esperança na vitória da vida sobre a morte, do amor sobre o ódio, da luz sobre as trevas.

Como discípulos ressuscitados com Cristo, somos chamados a ser portadores dessa esperança e dessa luz, testemunhando, através de nossa vida, a possibilidade de renovação, de transformação e de um novo começo. A Ressurreição nos desafia a viver de maneira autêntica os valores do Evangelho, promovendo a paz, a justiça e a reconciliação em todas as nossas relações.

Nesta Páscoa, a luz da Ressurreição nos guie na construção de caminhos de paz e fraternidade.

Feliz Páscoa a todos!

Leia nossos Colunistas